Quanto vale uma ideia?
IMGQVI

E uma frase bem colocada? O que se passa na mente dos leitores?

Às vezes, como profissionais da criação, temos a impressão de que algumas pessoas acreditam que as palavras simplesmente surgem a nossa frente, ou caem no papel como num passe de mágica. Quem dera! Ficaríamos felizes se fosse verdade, mas nem sempre é assim que acontece.

Compra-se cafeteiras, livros, etc., mas ainda não existem supermercados ou lojas de departamentos que vendem “frases certas, para serem colocadas no lugar certo”. Precisamos criar e pronto!

Tem hora que sai na hora. Tem hora que não quer sair. Tem hora que demora, só nos restando correr contra o tempo. Afinal, o relógio não para, não perdoa. Mas vale o desafio e a sensação de missão cumprida ao escutarmos do cliente um “foi isso mesmo que pensei”. Até porque este é o nosso ofício: enfrentar o papel em branco e dar vida ao pensamento até então restrito na cabeça de nossos clientes.

Tomas Edison, (1847-1931), o da luz elétrica e mais de 2000 patentes afirmou que “a genialidade é 1% de inspiração e 99% transpiração”. Sem a pretensão de sua genialidade, temos algo em comum: o ato de criar e escrever também exige inspiração e muito mais transpiração. Com direito a um cafezinho ao lado, pois ninguém é de ferro.

[texto Adriana Bastos]

Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>